O Mercado e a Copa do Mundo de Futebol

Em minhas viagens, pude notar clientes com receio de comprar, medo que a Copa do Mundo irá alterar quando e como as pessoas irão comprar no comércio, como se ela fosse um verdadeiro Bicho Papão da economia. Pude ver lojas com movimento fraquíssimo e algumas com clientes na loja comprando e o telefone não parava de tocar.

Com certeza pode-se afirmar que mesmo que algumas pessoas estejam adiando suas compras, elas vão comprar uma hora ou outra, e quem estiver preparado, com um belo Show Room, com peças à pronta entrega e preços compatíveis irá vender.

O medo de comprar está somente na cabeça das pessoas, apesar do Brasil ser o país do futebol, teremos uma porcentagem mínima de pessoas que deixarão de comprar algum bem durável (móveis, carros, etc) para poder ir à algum jogo de nossa seleção ou a de outro país. Inclusive, pode-se dizer que as pessoas irão se reunir no conforto de suas casas para receber seus parentes, amigos e colegas, para curtir uma partida de futebol, sentado num belo sofá, aproveitando o friozinho do inverno, com os pés num tapete confortável e aconchegante, comendo pizza, pipoca ou um churrasco, tomando um bom vinho ou uma cerveja.

E quem não gosta de futebol, ou ainda quem é totalmente indiferente à este cenário futebolístico, muito menos a Copa os afetará no aspecto de consumo.

Resumindo a história, nosso país estará em festa para alguns ou em luto para outros, porém o comércio não para, as pessoas continuam suas vidas, continuam casando, construindo seus novos lares, constituindo famílias, e o medo de gastar (equilibradamente) está pairando no ar, e que fique no ar mesmo, bem alto em alguma nuvem que se desfaça com o vento.

Boa Copa e boas compras à todos!

copa-do-mundo-brasil-2014

 

 

 

 

Rodrigo Arcenio Schwinden

Gerente comercial da Trassus Tapetes no Brasil.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*